O objetivo é oferecer uma plataforma de promoção das ideias de negócio destes empreendedores, dando-lhes a oportunidade de se associarem a líderes da industria tecnológica, de inovação e de investimento portugueses e latino-americanos,

Um encontro de informação e colaboração, que contará com uma comitiva de empresários e de entidades brasileiras e portuguesas. O objetivo é aproximar tecnologias e experiências positivas de ambos os países

Nesta primeira sessão de uma série de eventos dedicados ao futuro do setor, queremos mostrar um caso prático da recente implementação do Balanced Scorecard na gestão de indicadores operacionais, que pode ser replicado em outras entidades congéneres.

Um ano após a entrada em vigor do Regulamento Geral de Proteção de Dados é tempo de fazer uma reflexão sobre o que de melhor foi feito e o que ainda está por fazer. Neste evento em queremos mostrar casos implementados ou em fase de implementação, respetivas vantagens e lições aprendidas.

Neste evento vamos tocar nos pontos mais sensíveis, especialmente nas ineficiências, rigidez e custos dos ERPs (Enterprise Resource Planning) standard do mercado, do ponto de vista dos gestores das áreas de negócio.

O Departamento de Engenharia Informática do Instituto Superior Técnico e a Quidgest associam-se para promover esta série de encontros. O orador convidado é o Professor Vasco Amaral da FCT/UNL

A chegada da nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) em 2020, como resultado da influência do GDPR europeu, vai impor alterações significativas nas organizações. A Quidgest, multinacional pioneira na gestão de proteção de dados na Europa, propõe uma nova abordagem

O Departamento de Engenharia Informática do Instituto Superior Técnico e a Quidgest associam-se para promover esta série de encontros com oradores convidados à hora do almoço.

O Q-Day 2018 terá como tema “Hyper Agile, Lean & Machine Learning” que engloba a agilidade, a qualidade e a automação inteligente.

O novo regulamento europeu de proteção de dados pessoais já está em vigor desde 25 de maio de 2018. Qual o grau de conformidade das organizações com esta lei? Quais os passos ainda a dar? Como é que as empresas de tecnologia podem acelerar essa conformidade, criando vantagens competitivas?