Q-Day Logotipo Quidgest
  • DATA

    18 de setembro  |  09h00 – 18h00

0Days0Hours0Minutes0Seconds

Q-DAY Conference 2019

The New Spring of Artificial Intelligence and models”: tema central da Q-Day Conference 2019

Estará a Inteligência Artificial (IA) a entrar numa nova primavera? Ao longo da sua história, a IA tem vivido períodos de euforia, aos quais se sucedem fases de “arrefecimento”. São os chamados “AI Winters”, em que tanto o financiamento de projetos ligados a esta ciência como o interesse na sua pesquisa decrescem significativamente. Nos últimos anos, porém, tem-se assistido a todo um novo hype à volta da IA, materializado em mais investimento, mais recursos e mais jovens talentos dirigidos para este domínio. É, portanto, a IA na sua fase de primavera.

Com o software a refletir e a acompanhar o novo despertar da IA, as empresas que se pretendem diferenciar devem acompanhar esta evolução. Durante as duas últimas décadas emergiu uma nova abordagem que considera os modelos não apenas como artefactos de documentação, mas como peças centrais no processo de engenharia de software. Esta abordagem permite a criação ou execução automática de sistemas de software baseados nesses próprios modelos.

A Quidgest tem vindo a trilhar, ao longo dos últimos 30 anos, um caminho neste sentido. Com o Genio é possível garantir aumentos extraordinários na produtividade dos desenvolvedores de software, já que este sistema pioneiro é declarativo (alinhado com o MDE) e recorre a mecanismos de inferência (de acordo com a Inteligência Artificial). O Genio sempre perseguiu o mesmo objetivo: criar sistemas de informação melhores e mais simples, automaticamente, a partir de modelos, usando uma linguagem declarativa, padrões e um mecanismo de inferência baseado em IA.

Uma vez que já temos resultados que apoiam novos e fortes investimentos nesta área, o importante agora é alcançar uma cultura de colaboração que permita atingir abordagens mais amplas.

Como poderemos acelerar ainda mais esta evolução da IA? Estarão os líderes de opinião, empresários e dirigentes públicos dispostos e preparados para acompanhar esta vertiginosa aceleração nos seus processos produtivos? De que forma poderemos potenciar os avanços já alcançados?

Este será, certamente, um Q-Day a não perder.

___

À semelhança de edições anteriores, que contaram com um país ou parceiro internacional convidado, este ano o destaque do Q-Day vai para a Alemanha.

As inscrições são gratuitas, sujeitas a confirmação, limitadas à capacidade máxima da sala.

  • PORQUÊ IR AO Q-DAY 2019?

  • Entre 2009 e 2018 mais de 1760 pessoas marcaram presença;
  • "Muito bom" foi a avaliação média qualitativa da experiência global;
  • 75% dos participantes foram Gestores (organizações públicas e empresas).
  • O QUE PODE ESPERAR DA Q-DAY CONFERENCE 2019

  • Prestigiados oradores especialistas em diferentes temáticas;
  • Temas atuais ligados à Competitividade, Gestão, Estratégia e Tecnologia;
  • Conferências e workshops em paralelo;
  • Partilha de ideias e opiniões;
  • Contacto com especialistas das mais variadas áreas de negócio;
  • Oportunidade para estabelecer parcerias estratégicas.
  • COMO CHEGAR

Metro
Campo Pequeno

Autocarro:

Campo Pequeno / Avenida de Berna: 756
Campo Pequeno / Avenida da República: 727, 736, 738, 744, 749, 754 e 783
Praça de Londres: 722 e 767
Avenida de Roma: 735 e 767

Outras opções de mobilidade sustentável:

A zona dispõe de docas para bicicletas e trotinetes

Carro:
Parque de Estacionamento do Campo Pequeno – Praça de Touros (condições especiais para participantes).
Os participantes do Q-Day Conference beneficiam de um desconto de 25% no estacionamento, mediante apresentação do crachá ou credencial de participação no evento, junto do apoio ao cliente no piso -1 zona azul.
Recomenda-se o estacionamento nos pisos -2 e -3.
Para mais informações, contacte: 21 782 05 72

 www.campopequeno.com

AGENDA

08h30 Receção dos participantes e café de boas-vindas

09h00 Sessão de Abertura

Martin Ney – Embaixador da República Federal da Alemanha em Portugal
João Pedro Matos Fernandes – Ministro do Ambiente e da Transição Energética

09h30 Painel 1 – IA: o desenvolvimento de software precisa de mais inteligência?
Nesta nova era de otimismo sobre a IA, qual o impacto de ter mais inteligência no desenvolvimento de software? Quais as consequências desta inteligência nos produtos e nos serviços prestados, nas equipas, nas vantagens competitivas e nos planos estratégicos das organizações? O que já mudou e o que se espera vá mudar?

10h30 Pausa para café

11h00 Painel 2 – Histórias de sucesso com modelação e automação suportada por IA
A utilização de IA no desenvolvimento de software já é uma realidade. O que tem sido permitido por esta transformação? O que leva as organizações a investir nesta transição tecnológica?

11:20 Steve Lungley: Projeto myRH+ do Governo da Jamaica

11:30 Patrícia Matos (TVI) entrevista Ana Paiva – “fellow” da Associação Europeia para a Inteligência Artificial

12h00 Entrega dos Prémios Co-Inovação

13h00 Almoço

14h30 Painel 3 – You and AI, we are moving the world
Os impactos económicos, sociais, culturais e ambientais da nova era de produtividade e inovação. O desenvolvimento sustentável, a transparência, a inclusão social e a privacidade digital como requisitos adicionais para as novas soluções tecnológicas.

16h00 Pausa para café

16h30 Painel 4 – Developing without coding
Como formar a próxima geração de criadores de software, tirando partido de soluções suportadas por modelação e por IA? Qual o estado da arte, quais são os desafios da investigação e da formação em engenharia do software na nova era da AI?

17h45 Sessão de Encerramento

Pitch de Startups portuguesas ao longo do dia.
Ainda vais a tempo de propor um pitch da tua empresa perante a plateia do Q-Day 2019. Contacta q-day@quidgest.com

Conheça a agenda detalhada clicando aqui

DOWNLOAD LIVRO Q-DAY 2019

q-day 2019

ORADORES

</p>
<p><center>Ana Paiva</center>

Ana Paiva

Coordenadora do GAIPS

Coordenadora do GAIPS – Grupo de Investigação em IA para as Pessoas e a Sociedade do INESC-ID, Ana Paiva é ainda professora no Departamento de Engenharia Informática do IST. Foi recentemente eleita como fellow da Associação Europeia para Inteligência Artificial. Fez a licenciatura e mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores do Técnico e é douturada pela universidade de Lancaster em Inteligência Artificial no Ensino. Tem vindo a desenvolver a sua investigação na área da Inteligência Artificial ao longo dos últimos 20 anos, estando, também, envolvida noutros projetos, designadamente de combate ao cyberbulling. Acredita que a inteligência artificial dotada de competências sociais “é o futuro”, motivando o desenvolvimento de uma sociedade melhor.

</p>
<p><center>António Jesus</center>

António Jesus

Diretor de Serviços da Thales Portugal

Licenciado pelo Instituto de Engenharia de Lisboa no ramo de Engenharia de Telecomunicações e Sistemas, desenvolve há 29 anos a sua atividade no domínio da segurança na empresa Thales, nomeadamente nas áreas da segurança informática, proteção de infraestruturas críticas, segurança urbana, segurança na cloud, segurança em pagamentos eletrónicos, sistemas inteligentes de deteção de ameaças, encriptação e sistemas e redes resilientes para áreas criticas. Nos últimos anos, como Diretor de Serviços da Thales Portugal, tem sido responsável pela abordagem de “Secure by Design” aos produtos Thales, pelo desenvolvimento de serviços na área da transformação digital, pela implementação de Centros de Operação de Segurança, proteção de dados e auditorias de processos no âmbito do RGPD e PCI-DSS. Da sua equipa fazem parte técnicos com certificação em 27001 Lead implementer e Lead Auditor, CISSP, Certified Ethical Hacker.

</p>
<p><center>Gonçalo Conde</center>

Gonçalo Conde

CEO Bubblevel Consulting

Licenciado em Gestão de Empresas e em Gestão de Projetos pelo ISEG. Iniciou a sua carreira profissional na eMethodus Informática. Passou depois 6 anos na Alvo Tecnologias de informação onde regressa, mais tarde, por mais 3 anos. Entretanto aceita o desafio da PT-SI para Consultor Sénior e Team Leader em ERP durante pouco mais de 1 ano. Passou ainda por experiências profissionais na Remax e JLL Portugal. Cria a Bubblevel Consulting em 2009 onde tem dedicação a 100% desde Abril de 2017, ajudando as organizações a realizarem os seus sonhos.

</p>
<p><center>José Luís Ferreira</center>

José Luís Ferreira

Consultor, na Quidgest, em projetos de inovação e transformação digital

Doutorado em Engenharia Informática, com especialização em Artificial Intelligence/Machine Learning, pela Universidade de Coimbra. Foi Professor Universitário na Universidade de Coimbra e UAL e Diretor de Departamento de Ciências e Tecnologias da UAL. Especialista em Gestão de Projetos, nas vertentes clássica e Agile, com diversas certificações profissionais na área. Coordenador Regional, para Portugal, da PM2 Alliance, responsável pela divulgação da metodologia PM2 da União Europeia. Atualmente, na Quidgest, está focado em tornar o Genio na plataforma de eleição para os desafios da transformação digital das grandes organizações.

</p>
<p><center>Luís Miguel Pires</center>

Luís Miguel Pires

Professor e Coordenador do INETE

Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pelo IST- Instituto Superior Técnico, tem licenciatura em Engenharia de Sistemas das Telecomunicações e Eletrónica pelo ISEL – Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Doutorando em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela FCT/UNL, Faculdade de Ciências e Tecnologia de Universidade Nova de Lisboa, onde é investigador do CTS-UNINOVA desde 2015. Também é investigador do IEEE – Institute of Electrical and Electronics Engineers. Professor e Coordenador Técnico de Eletrónica e Robótica no INETE – Instituto de Educação Técnica, desde 2001.

</p>
<p><center>Mário Figueiredo</center>

Mário Figueiredo

Professor do Instituto Superior Técnico

Mário Figueiredo é professor catedrático de Engenharia Electrotécnica e de Computadores no Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, e coordenador de área no Instituto de Telecomunicações, fazendo investigação em aprendizagem automática, análise de imagens e otimização. Recebeu várias distinções e prémios nacionais e internacionais. Integra, desde 2014, a lista Highly Cited Researchers (Clarivate Analytics), sendo o único português das áreas da engenharia ou ciências da computação com esta distinção. Em 2019 foi nomeado Professor Distinto do IST.

</p>
<p><center>Nuno Matos</center>

Nuno Matos

VP Product Marketing da Saphety

Licenciatura em Marketing e Publicidade, pelo IADE - Creative University; PGE (Gestão Estratégica e Criação de Valor) pela Universidade Católica Portuguesa. Conta com cerca de 20 anos de experiência profissional, sempre ligada ao setor das tecnologias de informação, está na Saphety desde 2009. Foi responsável nas áreas de Business Development e Business Consulting e foi responsável da unidade de negócio de EDI & Electronic Invoicing, sendo atualmente diretor de Product Marketing da Saphety. A Siemens, a Glintt e a Bizdirect fazem igualmente parte do seu currículo.

</p>
<p><center>Norberto Amaral</center>

Norberto Amaral

Managing Partner na Cultiv

Organizou e foi orador em mais de 160 eventos TEDx, Ignite, competições de discursos, sessões criativas, workshops estratégicos, entre muitos outros. Recentemente lançou o livro ‘Impacto - Como Comunicar em Público’ (Penguin Random House, 2019), onde reúne a sua extensa experiência de formação de oratória e apresentações. Lidera e organiza o TEDxPorto, um dos maiores do mundo, que traz a um palco do Porto algumas das melhores ideias da cidade e de todo o mundo. É Toastmaster desde 2011, tendo já sido presidente e vice-presidente de educação de um clube, diretor de área e diretor de divisão. É Managing Partner na Cultiv, empresa de consultoria de comunicação, criatividade e inovação, organização de eventos e desenho de espaços de trabalho.

</p>
<p><center>Paulo Novais</center>

Paulo Novais

Professor e investigador da Universidade do Minho

A sua investigação centra-se na área científica da Inteligência Artificial e dos Sistemas Inteligentes. Mais recentemente, tem-se focado em conceitos ligados a Decisão, Inteligência Ambiente, Ambientes de Vida Assistida e Análise Comportamental. Diretor do Programa de Doutoramento em Informática e, cofundador e Diretor-Adjunto do Mestrado em Direito e Informática da Universidade do Minho. Recebeu diversos prémios internacionais e é coautor de mais de 350 artigos científicos publicados em revistas internacionais e conferências, e livros. Entre muitos outros cargos e funções é atualmente Presidente da APPIA (Associação Portuguesa para a Inteligência Artificial) e perito na Comissão Europeia, Fundação para a Ciência e Tecnologia, Agência Nacional de Inovação, entre outras entidades.

</p>
<p><center>Ricardo Costa Barros</center>

Ricardo Costa Barros

Diretor de Administração Pública Local da Quidgest

Licenciado em Engenharia de Sistemas Decisionais pelo ISIG – Instituto Superior de Informática e Gestão. Desde há muito ligado à administração local, foi Presidente de Junta de Freguesia (Queijas), Vereador na Câmara Municipal de Oeiras, Administrador dos SIMAS de Oeiras e Amadora e Administrador da Tratolixo. Tendo sempre assumido responsabilidades nas áreas de Inovação, tecnologias e Sistemas de Informação.
Atualmente é Diretor da área de Administração Pública Regional e Local da Quidgest

</p>
<p><center>Rui Freitas</center>

Rui Freitas

Consultor na área da Saúde e Ciência na Quidgest

Licenciado em Bioquímica pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e Doutorado em Biomedicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Durante este percurso de investigação desenvolveu também projetos em Universidades Internacionais (MIT, Harvard Medical School e Cambridge). Prosseguiu carreira científica como Project Manager numa empresa de Biotecnologia (Technophage). Foi fundador de uma Startup na área da saúde (MedQualy) e Professor Convidado pela Universidade Católica. Atualmente desempenha funções na Quidgest como Consultor na área da Saúde e Ciência.

</p>
<p><center>Rui Pedro Saraiva</center>

Rui Pedro Saraiva

CTO na Caixa Geral de Depósitos

Licenciado em Informática pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, iniciou a sua carreira na Arthur Andersen. Desempenhou funções de CTO da Zup e abriu as operações da empresa na Europa, começando com Lisboa. Foi Diretor de Arquitetura, Governança & Transformação e Diretor de Plataformas Digitais (2012-2017) na Oi. Também trabalhou na Deloitte e na Indra Sistemas, cobrindo vários mercados (telecomunicações, media, banca, serviços públicos, transportes e serviços). Atualmente, como CTO da CGD, está focado em liderar a transformação de TI (Agile, DevOps e Cloud) e apoiar a transformação digital do maior grupo bancário nacional.

</p>
<p><center>Steve Lungley</center>

Steve Lungley

Consultor em liderança e transformação organizacional

Experiente consultor na gestão de grandes projetos de liderança e transformação, tem mais de 25 anos de experiência prática, em projetos de ponta, no design e implementação de programas de mudança organizacional, frequentemente complexos e críticos para o negócio, que incluem novos sistemas, processos, modelos operacionais, estruturas organizacionais e formas de trabalhar. Os seus clientes estão no setor público, empresarial e em organizações sem fins lucrativos. Trabalhou em toda a Europa e também na China, Índia e Jamaica. Possui um mestrado (com distinção) em gestão e é membro do Change Management Institute.

</p>
<p><center>Teresa Barreto Borges</center>

Teresa Barreto Borges

Coordenadora do Centro de Documentação e Informação da Cinemateca Portuguesa

Licenciada em Comunicação Social (ramo Científico) pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (1994), Pós-graduação em Ciências Documentais pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2005). Em fevereiro de 1993, integra a equipa do Centro de Documentação e Informação da Cinemateca Portuguesa, serviço que coordena desde junho de 1998. No âmbito da actividade profissional, tem participado em diversos projectos internacionais, nomeadamente a revisão das regras de catalogação de filmes da Federação Internacional dos Arquivos de Filmes – FIAF e o projecto European Film Gateway (2008-2011).

</p>
<p><center>Vasco Amaral</center>

Vasco Amaral

Professor do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNL

É atualmente Professor Auxiliar no Departamento de Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e investigador do NOVA LINCS. Tendo colaborado no passado e assumido responsabilidades no desenvolvimento de software em experiências de Física de Partículas para os detetores de partículas em DESY (experiência HERA-B) e CERN (experiência ATLAS), atualmente dedica-se à docência em cadeiras de Engenharia de Software e investigação nas áreas de desenvolvimento de software por modelos e engenharia de linguagens para domínios específicos. Foi recentemente corresponsável pela rede de investigação COST IC1404, cujo foco é a Modelação Multi-Paradigma para Sistemas Ciber-físicos. Tem mais de 100 artigos publicados em conferências ou revistas internacionais com reputação, tendo supervisionado 4 teses de doutoramento e mais de 40 teses de mestrado. Vasco Amaral é ainda membro sénior IEEE e da Ordem dos Engenheiros onde foi responsável, como membro eleito, durante mais de uma década em vários cargos no Colégio de Informática.

VÍDEO Q-DAY 2018

“Este prémio deve-se em grande parte à equipa da Quidgest que está a trabalhar connosco e a esta forma ágil de trabalhar e de conseguir introduzir todas as nossas ideias, implementá-las e permitir-nos trabalhar com elas”

Carla NevesEurobic

“O Q-Day foi, sem dúvida, um momento muito especial de reflexão e antevisão do devir daquilo que serão as sociedades digitais, com especialistas que sabem do que falam!”

Ana Sampaio DiasEspaço Municipal

“Fantástico! Pessoas maravilhosas, oradores muito entusiasmados e competentes… Parabéns! Vocês são muito bons mesmo.”

Jack SoiferEconomista, Escritor e Consultor

“Foi visível o entusiasmo da equipa envolvida na organização do evento, e esse prazer contagia positivamente a assistência. É de louvar, como uma grande mais valia, a atribuição de prémios de co-inovação”

Maria Luisa MagalhãesFundação INATEL

“Apreciei muito a inteligência com que as apresentações foram feitas e a sua adequação à vida quotidiana e à vida real. Parabéns!”

Paulo Marrecas FerreiraProcuradoria-Geral da República

“Todos ajudaram a perceber o que tem corrido menos bem, não só ao nível da Administração Pública mas também das empresas privadas. Foram apontados caminhos que podem levar a corrigir alguns erros do passado e a mudar a gestão de projetos na área das TIC, em particular, e a gestão das organizações de um modo geral. Assim haja vontade por parte dos dirigentes aos diversos níveis e dos próprios colaboradores!”

Maria Lúcia PereiraAPDSI

“Um evento imperdível pelos insights e pelo networking. Absolutamente meritório que uma empresa privada tenha a capacidade de realização de um evento desta qualidade e dimensão.”

Paulo Marrecas FerreiraStrategic Marketing Adviser & Innovator

APOIOS