formacao certificada

GESTÃO FINANCEIRA E CONTABILIDADE PÚBLICA NA ERA DIGITAL

Formação para o Futuro

Existe uma grande lacuna de especialistas em gestão financeira pública em Portugal. Há muito menos técnicos habilitados para gestão financeira e contabilidade públicas do que para a gestão financeira e a contabilidade empresarial. Por outro lado, as exigências e as responsabilidades da função têm aumentado significativamente. E, finalmente, um número significativo de especialistas em gestão pública têm saído ou estão em vias de sair, nomeadamente por razões de idade. Resultado de todos estes fatores, esta lacuna é notada transversalmente em centenas de organismos públicos, o que faz desta habilitação uma competência bastante valorizada.

Ao mesmo tempo, a transformação digital vem requerer perspetivas completamente diferentes sobre a gestão das organizações, nomeadamente as públicas.

Neste contexto, duas empresas nacionais de excelente reputação, ambas com uma experiência de décadas no domínio da gestão financeira pública, aliaram-se para criar uma ação de formação inovadora, que vai moldar o futuro de 20 profissionais.

Reserve já o seu lugar na única formação que integra, em simultâneo, o desenvolvimento de competências em gestão financeira pública e a conceção de sistemas de informação.

>>  Edição especial, vagas limitadas  <<

A quem se destina?

A formação é dada não na ótica do utilizador, mas na ótica do atual ou futuro dirigente. Tem como destinatários atuais técnicos e técnicos administrativos da administração pública; licenciados em gestão, contabilidade, administração pública ou economia; alunos com classificações brilhantes em escolas profissionais nas áreas de gestão, contabilidade ou tecnologias de informação.

Sucesso e Competências para a Era Digital

Esta formação é única por integrar o desenvolvimento de competências em gestão financeira pública e em conceção de sistemas de informação. A gestão pública requer, cada vez mais, o domínio dos sistemas de informação que a suportam. Este domínio significa não apenas conhecer procedimentos e funcionalidades (como um utilizador), mas saber instrumentalizar as tecnologias digitais (como um criador de sistemas de informação).

“Program or Be Programmed” é um best-seller que mostra até que ponto temos que mudar a nossa forma de atuar, para sermos bem sucedidos profissionalmente na era digital. Design Thinking e Transformação Digital são perspetivas que estarão sempre presentes ao longo da formação.

Programa da Formação

1. A Gestão na era da Transformação Digital

2. Macro-requisitos da Gestão Financeira Pública

› Gestão Orçamental
› Planos de Contas
› Execução Orçamental da Despesa
› Execução Orçamental da Receita
› Integração de Receitas e Despesas
› Fontes de Financiamento
› Financiamento por Projetos
› IVA e Prestação de Contas Mensal
› Prestação de Contas Anual
› Preparação de Orçamentos

3. A Arquitetura da Informação de suporte à Gestão Financeira Pública

› Estruturar informação de acordo com o modelo relacional
› Tabelas Base
› Estrutura de dados da Execução Orçamental
› Tabelas associadas à movimentação contabilística
› Informação de apoio à contabilidade analítica e gestão por projetos
› Interfaces e organização de processos
› Representação e extração de dados em SQL e XML
› Consolidação de Contas no Sector Público

Data e Horário

Edição 2021: data a definir

Todas as 2ªs, 3ªs e 4ªs feiras
(3 semanas consecutivas)

Das 14h às 18h (Total 36 horas)

Local

Quidgest
R. Viriato, 7, 1050-233 Lisboa

Preço*

Preço 2.900€
*valor especial para a 1.ª edição

(e edição extra) : 300€

Vantagens

Oportunidade de emprego

Avaliação prévia

Dado o número reduzido de vagas, haverá uma avaliação curricular dos candidatos. Quer a experiência, quer o potencial de evolução, serão valorizados.

Bolsas

Tendo por base a avaliação prévia, a Quidgest concederá até 5 bolsas, com isenção total de custos, a não empregados ou a jovens em início de carreira que se comprometam a dar continuidade à sua carreira profissional na Quidgest.

Certificação

A formação incluirá avaliação de conhecimentos. A Quidgest é uma entidade certificada pela DGERT e a formação dará direito a um diploma.

Saídas profissionais

Dirigentes públicos, na administração local, regional e central. Consultores em instituições públicas, em empresas como a BTOC. Consultores em sistemas de informação de gestão financeira e contabilidade pública, em empresas como a Quidgest.

Promotores e Formadores

Esta formação é promovida pela Quidgest, especialista nacional e internacional em soluções de gestão pública, em parceria com a BTOC Consulting, consultora especializada na otimização da informação financeira, através do controlo financeiro, fiscalidade e contabilidade, sediada em 10 países.

Os formadores fazem parte das suas equipas de especialistas em gestão financeira pública e desenvolvimento de software.

FAQ – Perguntas frequentes

Porque é esta formação inovadora?
Esta formação é sobre a gestão financeira pública do ponto de vista dos sistemas de informação. Isto é, do ponto de vista 1) dos processos, 2) das estruturas de dados e 3) das interfaces com utilizadores e com outros sistemas.
Por um lado, há várias ofertas de formação sobre contabilidade pública (como movimentar, a débito e a crédito, determinadas contas perante um documento contabilístico; como extrair um balancete orçamental, um balanço, uma demonstração de resultados, uma conta de gerência; como apurar resultados por centros de custo, funções, numa contabilidade analítica). A BTOC, por exemplo, tem cursos nesta área.
Por outro, há várias ofertas de formação sobre sistemas de informação (programação back-end, programação front-end, design e user experience, testes).

A formação inovadora que propomos não substitui nenhuma das formações anteriores. Antes é um complemento, de cada uma delas na direção da outra.

Tenho que saber Contabilidade Pública?
Sim, convém. Para frequentar este curso deve ter conhecimentos mínimos de Contabilidade ou de Contabilidade Pública. Ou, em alternativa, estar disponível para os obter em paralelo. Não se requer um nível de conhecimentos de especialista, conseguido muitas vezes após anos da experiência prática. Mas os formandos devem saber o que é um movimento contabilístico, um balanço, uma demonstração de resultados. Este não é um curso para formação específica em Contabilidade Pública. Para isso existem outros cursos no mercado. Não ensinamos que contas devem ser movimentadas. Ensinamos o que são contas e como se movimentam.

Tenho que saber programar e conhecer linguagens de programação?
Não. Necessita de raciocínio lógico, usado habitualmente na conceção  de sistemas de informação. Esta formação encarrega-se de explicar, no contexto de aplicação à gestão financeira de entidades públicas, como se estruturam dados de acordo com um modelo relacional, como se definem processos de trabalho (workflows), como se otimizam as interações com os utilizadores, como se extrai informação relevante para a gestão.
Esta formação não ensina linguagens de programação. Mas descodifica muitas das siglas e dos conceitos utilizados pelos informáticos e pelos fornecedores de soluções informáticas.

Eu não sou um gestor público. Este curso pode ser para mim?
Sim. Este é um curso para o dirigente do futuro na era digital. Para os que querem dominar, não apenas os processos, mas também as tecnologias digitais e com isto abrir novas perspetivas de crescimento profissional.

Depois de frequentar este curso, estará muito mais bem preparado para se tornar um especialista em gestão financeira pública, seja numa carreira dentro de entidades públicas, seja no mercado como consultor e prestador de serviços a estas entidades.

Neste curso vou aprender a usar melhor o sistema de informação SINGAP da Quidgest ou outro?
Não. O objetivo não é esse. Para tal existem ações de formação específicas que podem ser agendadas de acordo com as necessidades dos clientes.

Como sei se a minha candidatura foi aceite?
Com uma antecedência adequada (cerca de 1 semana) daremos essa informação. As candidaturas são ponderadas por avaliação curricular e pela utilidade da formação para a carreira profissional do candidato, que pode ser manifestada por uma carta (ou mensagem escrita) de manifestação de interesse.

Vai haver horário pós-laboral?
Se forem recebidas muitos pedidos neste sentido, a Quidgest poderá realizar uma próxima edição em horário pós-laboral.

Porquê o preço tão baixo na 1.ª edição?
É uma oferta de lançamento.

Quando se tem que efetuar o pagamento?
O pagamento da formação tem que ser realizado antes do início da formação.

SOBRE

A Quidgest é uma empresa tecnológica global, com sede em Lisboa, pioneira na modelação e geração automática inteligente de software. Através da plataforma extreme low-code Genio apresenta um vasto portfólio de soluções para diferentes áreas e vocacionadas para a melhoria contínua na gestão de Empresas e de Instituições Públicas de excelência.

a Quidgest é uma empresa certifiicada

CONTACTOS

R. Viriato, 7
1050-233 Lisboa | Portugal
Tel. +351 213 870 563
quidgest@quidgest.com